Moda italiana nas passarelas da Rússia

Cem modelitos dos sonhos dos mais prestigiados estilistas italianos estarão nas passarelas de Moscou na próxima semana, apresentando, em meio a um sugestivo cenário criado com imagens da Cidade Eterna, a criatividade, a alta moda e a pesquisa que caracterizam a produção de moda da Itália."A moda é um trabalho de excelência, que traz o sustento pleno da nossa região", disse o assessor da região do Lazio, Francesco De Angelis, apresentando o projeto do desfile na International House of Music de Moscou, que surgiu após um acordo governamental. O evento será de 6 a 9 de fevereiro e contará com a participação dos mais prestigiados ateliês para lançar a moda da região de Roma e vender os produtos italianos na Rússia. "É música para os meus ouvidos", comentou Stefano Dominella, presidente do Consórcio Alta Roma, anunciando que em Moscou serão apresentados antecipadamente os modelos da coleção feminina que serão vistos em Milão apenas em 18 de fevereiro, e depois em Paris. Dominella afirma estar muito interessado no projeto apresentado pela região de Lazio e afirmou estar empenhado na viabilização de uma Escola Internacional de Designer de Moda.Nove grifes serão apresentadas em Moscou: Laura Biagiotti, que receberá um prêmio como estilista pioneira (em 1995 abriu as portas para as exportações da Itália rumo à capital russa) Renato Balestra, Gattinoni, Gai Mattiolo, Lorenzo Riva, Rocco Barocco, Fausto Sarli e dois jovens estilistas, Gianni Calignano e Michele Miglionico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.