Moda básica e usável na passarela Fashion Rio

Roupas básicas, usadas por modelos que se parecem com gente que encontramos na rua foram o forte do desfile de Andrea Saletto, que abriu hoje o segundo dia do Fashion Rio, no Museu de Arte Moderna. As cores eram fortes, vermelhos, verdes, marrons em risca de giz e muito branco-e-pretopara contrabalançar, mas o corte era folgado, amplo e de caimento impecável, tornando calças, casacos e blusas usáveis pormulheres de todas as idades e tamanhos. Os vestidos exigiam mais preparo, até por terem cortes inusitados, desfavorecendo silhuetas menos privilegiadas.Mara Mac para Mariazinha, Victor Dzenk, Tessuti e TNG completaram o cardapio do segundo dia de desfiles do Fashion Rio. Yasmin Brunet, a jovem modelo filha de Luisa Brunet, abriu o FashionRio, ontem, desfilando a coleção de inverno de Walter Rodrigues, o estilista da primeira-dama Marisa Letícia da Silva, que trocou a passarela de São Paulo pela do Rio de Janeiro, investindo na carreira internacional.Coincidência ou não, na passarela de Walter Rodrigues, a cor vermelha (que também é do PT, partido do presidente) predominou. O desfile durou dez minutos, em que passaram roupas de gala, muito curtas e decotadas, mais apropriadas para adolescentes ou garotasmuito jovens. Vermelho e rosa foram as cores predominantes, embora aqui e ali respingassem modelos cinza, azul e verde, sempreem tons desmaiados. Na platéia, Luíza Brunet e seu marido Armando Fernandez, pais de Yasmin, disputavam a atenção com ocasal Cláudia Raia e Edson Celulari. A noite de ontem teve ainda a modelo Lise Grendene, herdeira da industria de calçados, fazendo gesto obsceno durante o desfile da grife Frankie Amaury, entre os outros quatro desfiles do primeiro dia do evento: Santha Efigênia, Virzi, MárciaGanem e Maria Bonita Extra. Mesmo sem contar com top models internacionais, excessão seja feita à milionária norte-americana Paris Hilton que vai desfilar no sábado, a organização dos desfiles comemora o crescimento em 30% do evento e a adesão de novas marcas como Colcci (Santa Catarina), Victor Dzenk (BeloHorizonte), Walter Rodrigues e Raia de Goeye (ambas de São Paulo) e Marcela Virzi e Isabela Capeto (ambas do Rio).Vinte e seis estilistas mostrarão em 22 desfiles suas coleções de outono-inverno em quatro dias de apresentação. Ao todo, 70 mil pessoas são esperadas no evento, orçado em R$ 4 milhões.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2004 | 21h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.