Mix Brasil reúne filmes, shows e eventos literários

Há um fator que homogeneíza parte do rol de produções do 20.º Mix Brasil tanto quanto a temática da diversidade sexual. Os jovens - adolescentes e pós-adolescentes - imperam no cardápio dos 148 filmes incluídos na programação que começa nesta quinta-feira, em São Paulo. Neste ano, o festival volta-se àquele segmento para tentar entender como se dá a percepção, autoaceitação e relação de suas sexualidades com quem os rodeia.

AE, Agência Estado

08 de novembro de 2012 | 10h05

A reunião de tantos títulos com o mesmo tema no Mix reflete o que tem sido visto em seus similares pelo mundo, afirma André Fischer, um dos diretores do evento ao lado de João Federici. "É uma questão internacional de renovação de público mesmo. Há uma preocupação desses festivais de programarem filmes jovens para trazer esse público, o que já ocorre há um tempo. Aqui, no Brasil, a gente ainda não sentiu isso tão forte, mas cada vez mais há sinais dessa mudança."

Esse público, no entanto, não parece preocupado em levantar bandeiras ou aceitar rótulos que determinem sua sexualidade, acredita o diretor. "Hoje, o quadro é diferente do que era um tempo atrás. Havia uma questão de afirmação de identidade e hoje é difícil dizer o que seria essa identidade gay. É algo que está se formando. O padrão, para essa nova geração que está na adolescência, já não vale mais. Então, nós estamos pesquisando, tateando o que seria essa nova sexualidade", revela Fischer.

Pensamento que encontra eco em depoimentos como o do estilista Dudu Bertholini, no documentário "A Volta da Pauliceia Desvairada", de Lufe Steffen, um retrato agridoce da agitada noite gay de São Paulo. "Hoje em dia, a questão é mais a personalidade do que a ''escolha'' sexual", diz.

A diversidade também está presente em outra característica do evento. No caso, nos países de origem das obras, 25 ao todo. A Argentina comparece com três longas. Em dois deles, o universo teen é o alvo. Em "O Espaço Entre Nós Dois", de Nadir Medina, esse desinteresse pela definição de identidades de que fala Fischer fica mais claro. A história mostra o dia seguinte de uma noitada na vida de dois rapazes e uma moça.

Além de filmes, o Mix conta com espetáculos teatrais, eventos literários e atrações musicais e ocorre até dia 18 em São Paulo. Depois, segue para o Rio, onde ganha algumas produções inéditas na cidade e o braço teatral - Dramática em Cena - pela primeira vez na capital fluminense. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

MIX BRASIL

Abertura quinta, às 21 h, no Cinesesc, com a exibição do filme "No Caminho das Dunas", de Bavo Defurne. Programação completa e salas de exibição: www.mixbrasil.org.br

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaMix Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.