Mischa Barton diz que não se acha sexy

A jovem atriz do seriado norte-americano The O.C, Mischa Barton, disse que não se considera um símbolo sexual e não consegue entender como os homens a acham atraente, segundo publicou o site de fofocas britânico FemaleFirst.com. Mischa, que namora o músico Cisco Adler, acha que sua colega de trabalho Rachel Bilson é de longe mais atraente que ela. Mischa disse à revista britânica Top of the Pops: "Rachel é incomparavelmente mais sexy. Eu sou alta e desengonçada. Acho que eu teria medo de ter uma beleza fatal. Eu gosto de ser sexy sem me sentir assim". Não é a primeira vez que Mischa fala sobre sua beleza publicamente. No mês passado, admitiu que odeia ser bonita. Acrescentou não suportar o julgamento que as pessoas fazem dela só pela aparência - Mischa é magra e tem um rosto perfeitinho. Aos 17 anos, foi considerada o rosto mais promissor de Hollywood pela revista Glamour."A verdade é que as pessoas bonitas não são aceitas como todas as outras. Muitos pensam: ´ela é magra e linda, deve ter algum problema sério, como anorexia ou depressão´", desabafou a atriz.Mischa começou a carreira no New York Theatre, aos nove anos. Sua estréia no cinema foi em Lawn Dogs, em 1998. Participou dos sucessos de bilheteria O Sexto Sentido e Um Lugar Chamado Nothing Hill. Mas foi como a rica, popular e infeliz Marissa Cooper, em The O.C, que ficou famosa.The O.C passa no canal fechado Warner, quartas-feiras, às 20 horas.

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2006 | 21h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.