MIS vai reabrir contando a história da TV

O Museu da Imagem e do Som (MIS) volta em alto estilo ao público paulistano, de cara nova e com ênfase na programação de TV. Fechado desde novembro de 2001, o museu agora vai priorizar o seu acervo, segundo o diretor da instituição, o jornalista Amir Labaki - crítico de cinema e autor de vários livros. Dentro desse espírito, você pode preparar-se para assistir a verdadeiras jóias na semana de 18 a 26. Uma rara entrevista de Clarice Lispector no Panorama, da TV Cultura, e um programa inteiro da Jovem Guarda, na antiga TV Record, vão surpreender o público que só está acostumado a conferir a memória da televisão brasileira nos programas que a Globo dedica ao assunto (e são, compreensivelmente, formatados para valorizar o acervo da emissora). Ver Clarice Lispector falar de si, da sua obra, é uma possibilidade verdadeiramente excepcional. E na viagem pelo velho Jovem Guarda você poderá ver desde Martinha cantando até o Rei Roberto numa fantasia psicodélica para interpretar Lobo Mau. Valorizar a memória da televisão do País é prioridade da nova gestão de Amir Labaki. Ele já foi diretor do MIS entre 1993 e 95. Retorna cheio de novidades. O MIS está preparando seu primeiro plano diretor e inaugura em seguida o seu site na internet. Mas o acervo é a menina dos olhos de Labaki. "Ele é o coração do MIS e é o que vai impulsionar nossas ações", diz o diretor. A programação de abertura é expressiva dessa preocupação. Sob a rubrica Televisão Paulista: 1965-2000, o MIS estará mostrando não só os especiais sobre a Jovem Guarda e Clarice Lispector, mas também o musical Fábrica do Som, com as primeiras apresentações dos Titãs, o jornalístico Abertura (com segmentos realizados por ninguém menos do que Glauber Rocha), o Teatro 2, com a versão teleteatro do clássico Vestido de Noiva, de Nelson Rodrigues, e os infantis Vila Sésamo e Castelo Rá-Tim-Bum, este último com episódios dirigidos por Fernando Meirelles, bem antes de impresssionar com o fenômeno Cidade de Deus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.