Mion continua na geladeira da Band

O processo de reformulação da programação da Band, que começou a passos largos, deve ser adiado. Das três estréias prometidas para este mês - um novo programa para Marcos Mion, uma espécie de agência de casamentos eletrônica comandada por Márcia Goldschmidt e uma atração apresentada por Jorge Kajuru e Datena -, pelo menos uma está com estréia em suspenso por tempo indeterminado: a de Mion. O apresentador, que perdeu sua atração diária na rede, tinha a promessa da direção da casa de apresentar um programa nas madrugadas de sábado, seguindo o mesmo estilo de seu programa anterior, o Sobcontrole. A idéia foi esquecida e, na última sexta-feira, Mion entregou outro projeto à Band, o de uma atração de formato parecido com o extinto Brasil Legal, de Regina Casé na Globo. É a velha proposta de viajar pelo País mostrando gente interessante que faz coisas interessantes. A atração iria ao ar aos domingos à tarde. A direção da Band ficou de analisar o projeto, mas não deu nenhuma previsão. Já o novo programa de Marcia Goldschmidt, batizado inicialmente de Bem-Me-Quer, ainda tem uma remota chance de estrear no final deste mês, no dia 29. A atração, que será uma releitura do extinto Namoro na TV, de Silvio Santos, irá ao ar também aos domingos e já está com toda sua equipe de produção montada. Uma versão do 60 Minutes, comandada por Roberto Cabrini, também tem chances de estrear ainda em junho. Menos avançada está a produção da atração que unirá Datena e Kajuru nas tardes de domingos. Sem nome definido, o programa não saiu do papel e há quem aposte que não será levado adiante tão cedo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.