Minnie Driver vai conhecer a pobreza no Camboja

A atriz Minnie Driver vai largar sua carreira em Hollywood para ver de perto as condições de trabalho no Camboja. Ela vai se empregar em uma das empresas multinacionais instaladas no país asiático para experimentar o que ela classifica como "trabalho escravo" imposto aos cambojanos por companhias têxteis ocidentais.Minnie pretende trabalhar em Phnom Penh, capital do Camboja, durante um período que pode durar até alguns meses. O projeto da viagem é entender como são as condições de trabalho e testemunhar a má remuneração de mulheres e crianças em fábricas de roupas no Camboja. Depois disso, a atriz de Gênio Indomável quer botar a boca no trombone: pretende publicar um livro e talvez rodar um documentário sobre o assunto. Na viagem, Minnie vai levar um fotógrafo. Enquanto não embarca para sua viagem engajada, a atriz puxa um boicote às empresas têxteis que vendem roupas no ocidente feitas com mão de obra barata na Ásia. As informações são do Ananova.com.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.