Ministério deve usar punição ao SBT como exemplo

O episódio da reportagem forjada na qual falsos integrantes do PCC faziam ameaças a personalidades, veiculada no programa do apresentador Gugu Liberato, no SBT, deve ser punido pelo Ministério das Comunicações para que sirva de exemplo a outras emissoras. A afirmação foi feita pelo assessor especial do ministério, Márcio Wohlers, durante a abertura do Congresso ABTA 2003, que reúne operadoras de TV a cabo."A punição deve ser um instrumento positivo para aprimorar o controle de qualidade na televisão", disse Wohlers, admitindo, no entanto, que o quadro normativo para a aplicação da punição é muito complexo. "Mas o importante é que esse é um caso público, ou seja, o que era um mal-estar latente (falta de qualidade de programação), agora é público", avaliou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.