Ministério da Justiça vigia Cobras & Lagartos

"Cobras & Lagartos" e "Páginas da Vida" estão na mira do Ministério da Justiça. "Páginas" está sendo monitorada por conta de cenas de nudismo e do depoimento polêmico de uma senhora, que gerou uma série de reclamações de telespectadores.Já a situação de "Cobras" é mais complicada. O MJ instaurou um processo administrativo contra a Globo com base em denúncias sobre "diálogos discriminatórios" e cenas impróprias para sua classificação etária, que é "livre".Segundo o processo, a Globo foi notificada pelo menos quatro vezes com relação ao conteúdo da novela das 7, que se não se adequar, pode ser reclassificada para mais tarde.A última notificação, que fala sobre reincidência de alguns abusos na trama, foi enviada à emissora no início de julho, pedindo que a Globo envie suas alegações finais.Entre as cenas que chamaram a atenção do MJ em "Cobras" está uma em que a personagem Milú (Marília Pêra) faz brincadeira se referindo aos nordestinos, o que na opinião do órgão pode ser entendido como discriminação. Cenas sensuais de Leona (Carolina Dieckman) também despertaram reclamações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.