Ministério da Cultura deve ter orçamento liberado, diz Gil

O Ministério da Fazenda deve liberar os recursos que haviam sido cortados do orçamento do Ministério da Cultura. Foi o que disse hoje o ministro da Cultura, Gilberto Gil, numa solenidade na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). "O ministro Palocci (da Fazenda) me ligou ontem e disse que o Ministério da Fazenda vai sentar de imediato com o Ministério da Cultura para preparar um fluxo de reposição dos recursos contingenciados", informou ele."São 57% num total de R$ 280 milhões do orçamento para a cultura. Essa liberação é um processo ainda sem prazo determinado, mas de imediato já está sendo composta a alocação de recursos para os projetos do Ano Brasil-França (cuja abertura oficial é em 21 de junho) e a modelagem dos recursos da Agência Nacional do Cinema e Audiovisual (Ancinave)", afirmou Gilberto Gil, que viaja amanhã para a África do Sul e volta no dia 29. Segundo ele, até lá as negociações entre os dois ministérios prosseguem normalmente. "Não é necessária nossa presença física", ressaltou o ministro. "Eu espero que tudo esteja resolvido até lá, como espera o presidente da República e como espera todo o País."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.