Minha Trilha

1. QUERO QUE VÁ TUDO PARA O INFERNO ? Roberto Carlos. "Angústia hormonal que se dissolve num refrão para cantar a plenos pulmões. Experimentem."

, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2010 | 00h00

2. ALUNTE ? Novos Baianos. "A versão instrumental de um delicado minueto."

3. MY FUNNY VALENTINE ? Miles Davis. "Miles explicando o que é ficar frio na presença do mal do mundo, da tristeza de ter alma, de nossa impotência perante o gelo que derrete."

4. ASÍ ? Onda Vaga. "Música de praia com irresistível apelo para ouvir de novo."

5. O GUARANI (ABERTURA) ? Carlos Gomes. "Aos 3 anos de idade eu ouvia esta introdução heavy metal tocada por um estudante no piano que alugava de minha avó. Depois, transformou-se no tema da Voz do Brasil, indicando a hora do sacrifício diário de desligar o nosso rádio amigo. Tristes tempos."

6. PRESIÓN ALTA, CORAZÓN LENTO ? Leo Mahslía. "Um gigante musical do Uruguai.Tem o senso de humor mais afiado do que o de Frank Zappa,"

7. ANGEL e MACHINE GUN ? Jimi Hendrix. "Poderiam se unir numa gigantesca sinfonia negra do abandono das regras: a entrega ao Coyote que nos conduz para longe do fogo e nos larga perdidos num deserto de mandacarus espinhudos. Cuidado."

8. PANIS ET CIRCENSIS ? Mutantes. "Esta fase deles combina muito bem com Pet Sounds e Sgt. Pepper"s."

9. MUSIC FOR 18 MUSICIANS ? Steve Reich. "Uma linda história de como se expande nossa perspectiva sonora. Começou como uma peça editada em fita. Hoje é um desafio para os músicos do século 21."

10. SATISFACTION ? Rolling Stones. "O cubismo cheio de arestas do rock com torque e impulsão dos Stones. Feito para sair do chão pelo rodopio."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.