Minha Nada Mole Vida estréia em abril na Rede Globo

Basta ver Zorra Total uma só vez para gravar o bordão que fez a fama de Maria Clara Gueiros. Entre caras e bocas engraçadíssimas, a comediante foi parar até no sofá do Jô por causa do inconfundível "Vem cá, te conheço?". O diretor José Alvarenga Jr. também notou que a atriz era talentosa demais para ficar esquecida no indigente sábado à noite. A partir de 7 de abril, a intérprete da socialite Laura pula para a sexta-feira, agora como companheira de cena do também carismático Luiz Fernando Guimarães em Minha Nada Mole Vida, série que vai ao ar logo após o Globo Repórter, horário que já foi ocupado por Os Normais e Os Aspones, ambos escritos por Fernanda Young e Alexandre Machado. O casal de roteiristas mantém em Minha Nada Mole Vida o mesmo humor ácido que garantiu o sucesso das produções anteriores. Guimarães vive Horácio, um repórter que cobre festas para um programa de celebridades. Ele é uma espécie de Amaury Júnior bastante decadente. Na trama, Horácio passa por uma série de conflitos com o filho Helinho, um garoto de dez anos interpretado por David Lucas. O nome do menino ainda é desconhecido mas seu rosto já faz sucesso na TV. Ele interpreta o pequeno prodígio Terê, personagem da novela Alma Gêmea. David foi escolhido para o papel após passar por um teste com mais 80 crianças. Criado pela mãe, Helinho é o típico filho que só passa os finais de semana com o pai por imposição judicial. Com poucas afinidades, pai e filho começam a interagir aos poucos. A proposta do diretor é falar de forma leve sobre o mundo das celebridades sem, no entanto, cair no escracho como faz o Pânico na TV, da Rede TV!.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.