MinC quer tornar o samba Patrimônio da Humanidade

O Ministério da Cultura vai pedir à Unesco, órgão das Nações Unidas para a educação, ciência e cultura, que inscreva o samba entre as obra-primas do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade. A decisão foi tomada ontem pelo ministro Gilberto Gil em reunião com Antônio Augusto Arantes, recém-empossado presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Iphan. Também foram consultados o historiador Muniz Sodré e o sociólogo Hermano Vianna.Uma vez decidida, a candidatura do samba será preparada até setembro com a compilação de documentos e a elaboração de um dossiê que convença a Unesco da genuinidade e importância do samba, música e dança. "Concluímos que no momento em que os países estão trazendo aos fóruns globais e às instituições multilaterais suas especificidades culturais, cabe ao Brasil pleitear a oficialização de um reconhecimento amplo e difuso do samba como forma de expressão própria da cultura nacional", afirmou o presidente do Iphan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.