Marcos Hermes/Divulgação
Marcos Hermes/Divulgação

MinC aprova cachê de R$ 600 mil exclusivo para Maria Bethânia

Pasta confirma autenticidade de valores no documento que circula na internet

Ana Clara Jabur, Estadão.com.br

18 de março de 2011 | 18h40

O projeto de criação do blog com vídeos da cantora Maria Bethânia circula em diversos blogs pela internet nesta sexta-feira. O Ministério da Cultura (MinC) confirma a veracidade dos dados, que mostram que o projeto foi aprovado com um cachê de R$ 600 mil previstos para a cantora. Ela está designada como responsável pelas atividades de direção artística, pesquisa do projeto e atuação nos vídeos.

Veja também:

linkLeia o documento na íntegra

linkArtistas consagrados são minoria entre projetos

O valor passou pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), que pode questionar cada item do orçamento. O documento comprova que, inicialmente, o pedido era de R$ 1.798.600,valor reduzido a R$ 1.356.858 pela comissão. Porém, o MinC não detalha quais itens sofreram corte.

O parecer final, disponível no site do ministério mediante número do processo (1012234), afirma que "os currículos apresentados são condizentes a proposta", e que a quantidade de profissionais, planejamento e tempo de trabalho parecem ser adequadas (sic). Atualmente, o cachê de um artista consagrado pode chegar aos R$ 500 mil, com parte do dinheiro a ser dividido entre os músicos que o acompanham. Considerando que o projeto de Bethânia dure 12 meses, o resultado é um salário de R$ 50 mil.

Apesar de estar concentrada - e isolada, como de costume - para a estreia do espetáculo 'Maria Bethânia e as Palavras', em Belo Horizonte nesta sexta-feira, a cantora está consciente da polêmica. A apresentação tem ingressos esgotados em São Paulo - de 29 a 31 de março, no Teatro FAAP, e depois segue para Porto Alegre e Curitiba. Procurada, a assessoria não comenta o assunto.

O sociólogo Hermano Vianna, pesquisador do projeto, defendeu a ideia do site em artigo publicado pelo jornal O Globo. Ele afirma que a ideia partiu dele, com a intenção de propagar a literatura brasileira na rede. Vianna argumenta que o blog seria apenas o ponto de partida para a divulgação dos textos falados por Bethânia, a ser divulgado em redes sociais e acompanhado diariamente. Segundo ele, Bethânia teria acolhido suas sugestões enquanto participava de um projeto semelhante na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 2006. As apresentações deram origem ao espetáculo que estreia hoje em Belo Horizonte.

Tudo o que sabemos sobre:
Maria BethâniaMinC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.