MinC abre inscrições para disputas ao Oscar 2008

Foi dada a largada para os longa-metragens brasileiros entrarem na disputa por uma vaga no Oscar 2008 para a categoria de melhor filme estrangeiro. Aos cineastas e produtoras que tiverem interesse, o Ministério da Cultura informa que as inscrições terminam no próximo dia 20. Uma comissão avaliará os filmes inscritos e baterá o martelo sobre o filme que irá representar o Brasil na briga pela tão sonhada estatueta.O longa escolhido será selecionado pela comissão de seleção do Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual. A definição, no entanto, não garante a vaga no Oscar 2008. Isso porque o filme brasileiro selecionado será indicado à Academia de Hollywood que irá definir, entre mais de 60 indicados por outros países, quais serão os cinco longas que disputarão na categoria.Para entrar na seleção, os filmes precisam ter sido lançados no Brasil entre 1.º de outubro de 2006 e 30 de setembro de 2007, tendo sido exibidos por sete dias consecutivos em salas comerciais e realizados em 35mm, 70mm ou em formato digital de exibição comercial. De acordo com o MinC, serão aprovadas as inscrições por Sedex, desde que sejam recebidas até o dia 20 de setembro. Os interessados devem apresentar o Requerimento de Inscrição, com oito cópias do filme, em DVD ou VHS, enviados à Secretaria do Audiovisual, em Brasília.Os brasileiros conhecerão o filme que irá brigar por uma das cinco vagas ao Oscar, na categoria de filme estrangeiro, ainda este mês, no dia 26. A premiação acontece em março de 2008 e o anúncio dos indicados em todas as categorias ocorre em fevereiro.A vez que o Brasil chegou mais perto da dourada estatueta foi em 1999, com Central do Brasil, de Walter Salles, que trazia no elenco as atrizes Fernanda Montenegro e Marília Pêra e recebeu duas indicações - melhor filme estrangeiro e melhor atriz para Fernanda. Premiado no Festival de Berlin como melhor filme e melhor atriz, a expectativa era grande em torno do longa brasileiro, mas o italiano Roberto Benigni derrubou as chances com A Vida é Bela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.