Milionário rasga acidentalmente <i>O Sonho</i>, de Picasso

O magnata de Las Vegas Steve Wynn terá de desistir da venda do quadro de Picasso O Sonho, pois rasgou a tela com uma cotovelada quando a exibia para alguns amigos, informou nesta quarta-feira a imprensa norte-americana. Wynn acabara de vendê-lo ao colecionador de arte Steven Cohen por US$ 139 milhões, o preço mais alto pago na história por uma obra de arte. Quando já tinha fechado o negócio, quis mostrar o quadro a uns amigos antes de entregá-lo a seu novo dono.Em um dado momento o multimilionário levantou o braço para mostrar-lhes um detalhe e, ao descê-lo, deu uma cotovelada na tela que fez um buraco do tamanho de uma moeda, segundo o relato de Nora Ephron, testemunha do fato. "Seu cotovelo bateu contra o quadro", que ficou com "um buraco negro do tamanho de uma moeda de um dólar", assegurou Ephron.Aparentemente, Wynn sofre de uma doença ocular que afeta a visão periférica. Sua reação foi tranqüila porque, segundo a testemunha, se limitou a dizer: "olha só o que fiz. Graças a Deus que fui eu".O escritório do magnata, proprietário de vários cassinos famosos de Las Vegas, confirmou a história de Ephron.Wynn tinha comprado O Sonho (1932), no qual Picasso retratou sua então amante Marie-Thérèse Walter, por US$ 48,4 milhões em 1997.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.