Migração e marginalidade: experiências de sofrimento expostas no Maria Antonia

Até o dia 28 de julho, o Centro Universitário Maria Antonia (Rua Maria Antonia, 258, tel. 3123-5200) exibe Woundscapes: Sofrimento, Criatividade e Vida Nua, uma exposição de imagens, vídeos, sons, fotografias e desenhos que são resultado de pesquisa antropológica sobre experiências de sofrimento ligadas ao percurso migratório e à marginalidade social. A iniciativa é do Centro em Rede de Investigação em Antropologia e da Associação Ebano Collective, de Lisboa, com apoio da Comissão de Cultura e Extensão da Faculdade de Saúde Pública da USP. No dia 26 de julho, será inaugurado o segundo módulo da mostra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.