EFE/arquivo
EFE/arquivo

Michelle Obama doa vestido de posse a museu

Primeira-dama disse estar 'envergonhada' ao doar peça ao Museu Nacional de História Americano

EFE,

10 de março de 2010 | 14h56

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, confessou estar "envergonhada" na cerimônia na qual doou o vestido que usou na posse de seu marido, o presidente Barack Obama, ao Museu Nacional de História Americano.

 

"Estou envergonhada com tudo isso em torno do meu vestido. Como vocês, não estou acostumada com a ideia de expor um vestido meu", declarou a primeira-dama, entre sorrisos.

 

Mesmo assim, o modelo e os acessórios que completam a coleção de vestidos da posse "ajudam-nos a conectar com um momento histórico de uma maneira muito real", afirmou, pois "nos leva além dos livros de história e as fotografias, e ajuda-nos a entender que a história é algo que se faz com gente de verdade".

 

Com a doação, Michelle Obama perpetua a tradição de as primeiras-damas americanas entregarem seus vestidos de posse a este museu, que integra à Instituição Smithsonian.

 

O modelo será exibido em uma nova galeria, que vai tratar sobre a estreia das primeiras-damas, que mostrará 11 vestidos usados em posses.

 

Feito pelo estilista Jason Wu, é um modelo branco em musselina de seda com bustier drapeado, sem mangas e preso em um ombro, com uma pequena cauda que a primeira-dama recolheu para dançar com seu esposo durante o baile da posse.

 

A primeira-dama, vestida hoje também com um modelo branco com inspiração primaveril, aproveitou para relembrar aquele 20 de janeiro de 2009, dia em que usou pela primeira e única vez o seu vestido.

Mais conteúdo sobre:
Michelle Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.