Michael Moore antecipa em 1 semana estréia de Sicko em NY

Sicko, que aborda sistema de saúde dos EUA, estréia na cidade nesta sexta-feira

Agencia Estado

07 Junho 2021 | 12h57

O cineasta Michael Moore decidiu que seu mais novo documentário, Sicko, chegará às salas de cinema de Nova York na próxima sexta-feira, 22, uma semana antes da data inicial de sua estréia, dadas as expectativas que o filme vem gerando nos Estados Unidos, informa o site do New York Times. Moore, que em 2003 ganhou o Oscar de melhor documentário com Tiros em Columbine, antecipou apenas para o público nova-iorquino a data da estréia do seu novo trabalho, que trata do sistema de saúde americano e que no resto do país estreará apenas em 29 de junho. A produtora da fita, a Weinstein Company, anunciou a decisão em meio à polêmica sobre a investigação que o Departamento do Tesouro iniciou sobre a viagem que Moore fez a Cuba para filmar parte do filme e depois de o YouTube ter tirado do seu site uma versão pirata do documentário. Nova York, onde o diretor de Farenheit 11-9 tem uma boa imagem, se tornará, assim, no lugar da estréia oficial nos Estados Unidos de um filme rodado com apenas US$ 9 milhões e que, antes do dia 29, só poderá ser visto em apenas uma sala da alta Manhattan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.