Michael Jackson solta o verbo contra promotora

Continua o "show" de Michael Jackson no tribunal deSanta Maria, na Califórnia. O pop star compareceu novamenteontem ao julgamento no qual está sendo acusado de cancelar showsna virada do milênio e conseguiu outra vez chamar atenção. Aovoltar de um intervalo de almoço, ele foi abordado porjornalistas que perguntaram o que ele achava da procuradoraGloria Allred, que tanta responsabilizá-lo pelo incidente com o bebê Prince Michael II naAlemanha, há poucos dias. "Diga para ela ir para o inferno",retrucou o ex-pop star. Ele também se comparou a Walt Disneydurante um testemunho: "Detesto usar a analogia, mas ele eracriativo e não tinha talento para os negócios", disse ele."Seu irmão Roy é que cuidava das contas." Jackson alega queconfiou em seus agentes, advogados e contadores para comandarseus negócios, na tentativa de não ser responsabilizado pelosdanos causados a um promotor de shows.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.