Michael Jackson recebe fãs em visita ao Japão

Os fãs menos abastados do popstar Michael Jackson ganharam uma chance de encontrar seu ídolo pessoalmente num evento de "apreciação de fãs" promovido em Tóquio na sexta-feira, um dia depois de o cantor ter posado para fotos com admiradores dispostos a pagar 400 mil ienes (3.400 dólares) pelo privilégio. Não estava previsto que Jackson cantasse ou dançasse no evento da sexta-feira, que custou módicos 15 mil ienes (130 dólares) por pessoa, mas os organizadores disseram que ele conversaria com todos os presentes. Não foi autorizada a entrada de câmeras. "Adoro os olhos dele, o nariz e o jeito de dançar", comentou Jun Sahs, 7 anos, enquanto aguardava diante do Studio Coast, onde o encontro aconteceria. O evento foi programado para 9 de março porque essa data se pronuncia "san kyu", que soa como "thank you" (obrigado) em japonês, disseram os organizadores. "Simplesmente estou feliz por Michael Jackson ter percorrido metade do globo para vir nos ver e porque poderei respirar o mesmo ar que ele", comentou a dona-de-casa Yoko Gomi, de 57 anos. Desde que foi absolvido da acusação de abuso sexual infantil num julgamento que terminou em junho de 2005, Jackson vem evitando chamar a atenção, tendo passado parte do tempo no Barein e na Irlanda. A última vez em que visitou o Japão, onde possui uma base de fãs enormes, foi em maio, para receber um prêmio musical. Desde que chegou ao país, no último fim de semana, o cantor foi assediado por multidões de fãs quando saiu às compras e fez uma visita à Disneylandia. Em novembro Jackson cantou numa cerimônia de premiação em Londres, sua primeira performance pública desde seu julgamento, mas seus esforços foram mal recebidos pela crítica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.