Michael Jackson era um 'artista espetacular', diz Obama

Presidente americano envia condolências e lembra que alguns aspectos da vida do astro foram 'trágicos'

Reuters e Efe

26 de junho de 2009 | 16h11

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira que Michael Jackson, o "Rei do Pop" que morreu inesperadamente na quinta-feira, era um "artista espetacular" e um ícone musical, disse o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, nesta sexta-feira, 26.

 

Veja também:

linkMichael Jackson: sucesso, polêmica e inúmeros adjetivos

linkItens de Michael Jackson somem das lojas em São Paulo

blog Michael Jackson dispara na Amazon, iTunes e Last.fm

som  TERRITÓRIO ELDORADO: playlist com os maiores hits de Michael Jackson

especial  ESPECIAL: linha do tempo com a carreira do cantor

blog FÓRUM : Morre Michael Jackson, rei do pop

mais imagens Veja galeria de fotos

video 'Thriller', o disco mais vendido da história

video 'Beat It', com Michael Jackson 

Em entrevista coletiva, Gibbs afirmou que tinha conversado com o presidente e que este tinha dito que "todo o mundo lembra de ter ouvido suas músicas ou de ter visto a dança de 'Moonwalk'. No entanto, Obama lembrou que "há aspectos de sua vida que foram tristes e trágicos."

 

O presidente, segundo o porta-voz, "envia suas condolências à família (de Michael) e aos fãs que choram sua perda".  Após a morte do cantor, na quinta-feira, após sofrer uma parada cardíaca, a Casa Branca não emitiu um comunicado por escrito, como é comum nas reações à morte de personagens famosos.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Michael JacksonBarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.