México inspira coleção da Zoomp

Prejudicada pelo atraso da Forum, a Zoomp pegou um público mal-humorado. E nem Fernanda Tavares, de sombrero, conseguiu levantar a torcida. Mas a coleção também não era empolgante. A inspiração eram os índios mexicanos. Mas ficou tudo com cara de Tex-Mex. Um cruzamento, nem sempre feliz, de Vera Cruz e Viva Zapata (será que alguém com menos de 30 anos conhece esses filmes?).As cores são ótimas: branco, vermelho, cinza, terra, areia, nuvem. Mas colocaram muita franja de poncho na saia. Muita bola de gaúcho nos cintos. Muita cartucheira nas calças. Muita estampa navajo no blazer. E por aí vai. Pesou a produção.Vale a lavagem degradé de algumas peças. Mas, no todo, faltou chilli na tortilla. E as fajitas chegaram frias. Fernanda Tavares entrou novamente, beijou os estilistas, e todo mundo deu graças a Deus por ter vencido mais um dia de maratona fashion.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.