México homenageia Carlos Fuentes em seus 80 anos

Série de eventos culturais festejam o mais importante escritor mexicano vivo até 3 de dezembro

Ansa,

10 de novembro de 2008 | 19h11

O México inicia hoje, com uma série de atividades culturais, uma homenagem ao escritor Carlos Fuentes, em ocasião de seu 80º aniversário.   O ciclo da homenagem ao maior escritor vivo do México e uma das principais figuras literárias da América Latina, candidato permanente ao Prêmio Nobel de Literatura, começará com o Colóquio Internacional A Região Mais Transparente, 50 anos depois, em alusão ao título da obra mais famosa de Fuentes, de 1958.   O ponto alto do evento ocorrerá amanhã, dia do aniversário do escritor, quando será realizado um tributo nacional com leituras em bibliotecas e escolas de todo o país, entre as quais o Auditório Nacional, com capacidade para dez mil espectadores, com a presença do autor, vencedor dos prêmios Cervantes (1987) e Príncipe de Astúrias (1994).   Entre os convidados ilustres estão o Prêmio Nobel colombiano Gabriel García Márquez, o chileno Antonio Skármeta, o ex-chanceler uruguaio Enrique Iglesias, o espanhol Juan Goytisolo e a sul-africana Nadine Gordimer.   No dia 17 será realizado um ato no Castelo de Chapultepec, do qual participará o presidente Felipe Calderón, o ex-presidente chileno Ricardo Lagos, e o ex-chefe de Governo espanhol Felipe González. Esta é a maior homenagem já feita no México a um escritor.   De hoje até o dia 3 de dezembro haverá projeções de filmes selecionados por Fuentes, encontros filosóficos, palestras, apresentações de livros e conversas com o autor.

Tudo o que sabemos sobre:
Carlos Fuentes80 anos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.