Mexicano Carlos Monsiváis ganha Prêmio Juan Rulfo

O ensaísta e escritor mexicano Carlos Monsiváis ganhou o Prêmio de Literatura Latino-americana e do Caribe Juan Rulfo por ser autor de uma "obra deslumbrante",anunciaram nesta segunda-feira os organizadores da Feira Internacional doLivro de Guadalajara.Os jurados disseram que a obra de Monsiváis renovou "as formas da crônica jornalística, o ensaio literário e o pensamento contemporâneo do México e da América Latina". Além disso, o autor mexicano nascido em 1938 "forjou uma linguagem distinta para representar a riqueza da cultura popular, o espetáculo da modernização urbana, os códigos do poder das mentalidades", assinalou o texto da ata do prêmio.Monsiváis é um dos intelectuais mexicanos mais reconhecidos e um cronista indispensável da realidade mexicana. Estudou nas faculdades de Economia, Filosofia e Letras da Universidade Nacional Autônoma do México. Também foi membro do Centro Mexicano de Escritores e do Centro de Estudos Internacionais da Universidade de Harvard. Colaborou em jornais como "El Universal", "El Excelsior" e "La Jornada". Entre seus livros mais recentes está "Aires de Familia".O ensaísta mexicano foi eleito por unanimidade entre os jurados desta 16.ª edição do prêmio, equivalente a US$ 100 mil, que elege o conjunto da obra em qualquer gênero literário. Já receberam o prêmio nos últimos anos o mexicanode origem espanhol Tomás Segovia (2005), o espanhol Juan Goytisolo(2004), o brasileiro Rubem Fonseca (2003) e o cubano Cintio Vitier(2002). Monsiváis receberá o prêmio em 25 de novembro, na abertura da Feira Internacional do Livro de Guadalajara, uma das mais importantes da América Latina.Entre os jurados desta edição estavam os mexicanos Sergio Pitol, José Luis Martínez, Gonzalo Celorio,Cecilia García Huidobro (Chile), Seymour Menton (Estados Unidos),Julio Ortega (Peru), e os espanhóis Beatriz Pastor e JorgeUrrutia.

Agencia Estado,

04 de setembro de 2006 | 15h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.