Metropolitan de NY devolve obras para a Itália

O Metropolitan de Nova York vai devolver seis peças de antigüidade que foram retiradas ilegalmente da Itália, conforme acordo firmado com o Ministério da Cultura italiano na segunda-feira e seria assinado hoje pelo diretor do museu Philippe de Montebello e pelo ministro italiano da Cultura Rocco Buttiglione.Entre as antigüidades, um jarro pintado do século 4.º a.C., Eufrônios, considerado um dos melhores exemplares deste tipo de arte. Há ainda o tesouro Morgantina, uma coleção do século 3 quefoi roubada da Sicília. Os outros objetos são peças de barrogregas que datam de 320 a.C. a 520 a.C.Em troca, a Itália oferecerá como empréstimo por longo prazo outras antiguidades para substituir as que serão devolvidas.No último dia dois, o museu americano anunciou que iria devolver as peças depois de ter recebido provas das autoridades italianas sobre a origem das obras.Uma ex-curadora do museu J. Paul Getty, de Los Angeles,Marion True, está sendo processada em Roma, acusada de ter adquirido os objetos roubados sabendo de sua origem ilícita. Ela nega ter usado de má fé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.