Mestre da magia vai criar versão indiana da escola Hogwarts

Sorcar Jr., célebre por fazer o Taj Mahal "desaparecer" quer manter viva sua arte

Rituparna Bhowmik, da Reuters

14 de julho de 2007 | 09h24

Um mágico indiano vai abrir uma versão da fictícia Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, dos livros Harry Potter, na esperança de que a possibilidade de obter um mestrado em magia ajude a manter viva essa arte antiga.P.C. Sorcar Jr., célebre por deixar milhares de pessoas estarrecidas ao fazer o Taj Mahal "desaparecer", disse que pretende revelar os segredos dos truques de ilusionismo aperfeiçoados por sua família ao longo de oito gerações."A profissão dos mágicos de rua, que existe há 2 mil anos, sempre foi transmitida oralmente", disse Sorcar Jr. "Seria uma perda para a magia indiana se essa arte não fosse preservada."O mágico de 61 anos é conhecido por ilusões em tamanho grande, por exemplo tirando um cavalo de um saco, em lugar de um coelho de uma cartola.A magia entretém os indianos há séculos e é parte importante de muitos eventos sociais.Mas o advento da televisão e da Internet vem obrigando os mágicos a modificar seus truques para satisfazer os desejos de uma geração acostumada a videogames e sitcoms ocidentais.O mestrado em "dramagia", como Sorcar Jr. a chama devido às ilusões dramáticas que serão ensinadas, vai começar em 2008 na renomada Universidade Visva-Bharati, pertencente ao governo, no leste da Índia.

Tudo o que sabemos sobre:
Harry Potterescola de magia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.