Mercadão ganha Bacalhoaria do Empório Chiapetta

A Bacalhoaria do Empório Chiapetta, inaugurada recentemente no Mercado Municipal, é um espaço criado no embalo da reforma do Mercadão, cujo maior destaque é o mezanino. Entretanto, está instalada ali mesmo no térreo. Os devoradores de bacalhau, claro, são o público-alvo. Ali vende-se o produto seco e salgado, principalmente o cod gadus morhua, o tipo mais nobre. Há vinhos e azeites de diversas procedências, entre outras coisas. E, num canto mais reservado, estão uma bancada, para quem quer fazer só um lanche, e mesas, para quem prefere almoçar apreciando as quase vinte sugestões do cardápio, entre petiscos e pratos - tudo feito com o peixe que os portugueses aprenderam a chamar de "fiel amigo".Os móveis do restaurante são simples, o atendimento é gentil e informal. Adequados, portanto, para traçar quitutes como os clássicos bolinhos (R$ 6 a porção de seis unidades) e outros salgados, como saltenha e risoli. Já a coxinha de bacalhau (R$ 4 a porção com quatro) é outra pedida acertada - vem com boa massa, dourada, apesar de pouco peixe no recheio.No que diz respeito aos pratos, predomina a simplicidade. Algumas receitas são tradicionais, como o Bacalhau à Bráz (R$ 34), outras nem tanto, como o à Don Carmine (R$ 30), frito e servido com tomate, alcaparras, além de arroz e batatas cozidas. Até pelas limitações do espaço, não há como executar procedimentos complicados. Os pratos são pré-prontos e apenas finalizados na cozinha. O melhor, no entanto, é que a Bacalhoaria é tranqüila e fresca, uma bênção para descansar do corre-corre e das filas nos boxes do Mercadão - e quase uma visão do Paraíso para quem chega direto da confusão da Rua 25 de Março. Os vinhos podem ser escolhidos entre todos os rótulos vendidos na casa e bebidos pelo preço de varejo. Mas há só uma opção em taça, a R$ 10. Em tempo: quem quiser aproveitar para comprar vai achar por lá o gadus morhua entre R$ 60 e R$ 82, dependendo da qualidade. Bacalhoaria do Empório Chiapetta - Mercado Municipal, 3313-7976 (50 lugares, atende das 8 horas às 18 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.