Menino Maluquinho ganha série de TV

Ainda este ano, O Menino Maluquinho, de Ziraldo, vira personagem da Rede Brasil, com produção da TV Educativa do Rio. O livro infantil brasileiro recordista de vendas (2,5 milhões só o primeiro, lançado em 1980) terá 22 episódios de 26 minutos cada. Ziraldo se reuniu esta semana com o diretor Cao Hamburger (Castelo Rá-Tim-Bum) e com a roteirista Ana Muylaert (Durval Discos) e ficou entusiasmado."Houve um consenso. Eles tinham um projeto em mente, eu tinha outro e daí criamos um terceiro conceito que já está bem claro na nossa cabeça. Só falta desenvolver. A base será o primeiro livro", conta Ziraldo. O Menino Maluquinho virou tira e revista em quadrinhos, dois filmes, peça de teatro e ópera (dirigida por Karem Accioly, ainda inédida no Rio e São Paulo). Cao Hamburger tem três meses para formatar a série e prefere não adiantar nada. "Será totalmente diferente do que foi feito até hoje, com uma linguagem nova específica do personagem", garante ele.A presidente da TV Educativa, Beth Carmona, conseguiu financiamento da Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura para os 22 primeiros episódios, que ainda não estão orçados, mas acha que será preciso conseguir novos parceiros se houver extensão do projeto. A TVE já produziu, também de Ziraldo, a Turma do Pererê, e ela acredita que este personagem é ideal para o paparicado público infanto-juvenil. "O Menino Maluquinho auxilia na construção de valores éticos e morais, desperta espírito crítico e aumenta a auto-estima", filosofa ela. Segundo ela, a série visa ao público brasileiro. "Mas, como o livro é sucesso em vários países, possivelmente surgirão emissoras interessadas em uma parceria."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.