Melhor desabafo de Faustão não foi ao ar

- Pouco antes daquele desabafo que fez no ar, respondendo a questões que Xuxa lhe fazia via satélite, diretamente do Rio, Fausto Silva teve um piti e tanto no palco montado para o seu Domingão em São Paulo, ontem. O apresentador tentava distrair uma platéia que lá estava, por convocação da Globo, desde 14 horas - Faustão fez inserções no programa de Xuxa antes de o seu começar, mas o público, formado em boa parte por universitários, mal foi focalizado antes das 18h. O apresentador, que a essa altura até lembrava o velho Fausto do Perdidos na Noite, também parecia se divertir nessa função de aquecimento, quando chegou aos seus ouvidos uma ordem para ficar atento e a postos, já que Xuxa o chamaria dali a pouco. Foi então que explodiu. Disse que apenas estava prezando o respeito que "vocês" (referindo-se ao seu staff) não tiveram com essa platéia e que não aceitava ordens de ninguém que não fosse de Luiz Nascimento, diretor agora responsável pela atração. Houve um constrangimento geral entre a equipe. Parte do time que estava nos bastidores foi até o palco para acalmá-lo. Em seguida, Faustão disparou a falar sobre sua liderança nacional, já no ar, e deixou claro que não pisaria no terreno que explora a miséria humana para ganhar audiência, Fausto apenas emendava, polidamente, um desabafo iniciado minutos antes. Ao abordar no programa um caso de troca de crianças, o apresentador mostrava-se desconfortável, embora fizesse questão de chamar isso de "utilidade pública". Em tempo: a tal entrevista com a apresentadora Xuxa não estava no script.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.