Mario Anzuoni/ Reuters
Mario Anzuoni/ Reuters

Mel Gibson foi internado com Covid-19 e tratado com Remdesivir

Segundo seu representante, o ator ficou internado em hospital de Los Angeles durante uma semana do mês de abril

EFE, O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2020 | 16h24

O ator Mel Gibson foi internado em um hospital em Los Angeles, nos Estados Unidos, depois de ter sido infectado pelo novo coronavírus em abril, mas não havia tornado o contágio público até os seus representantes confirmarem que ele havia se recuperado.

"Ele testou positivo em abril e passou uma semana no hospital. Foi tratado com o medicamento Remdesivir enquanto estava no hospital e, desde então, tem feito testes negativos em inúmeras ocasiões, bem como positivos para anticorpos", declarou o representante de Gibson em um comunicado divulgado nesta sexta-feira, 24.

No início deste ano, antes da pandemia, o nome do ator foi anunciado como parte do elenco do filme Máquina Mortífera 5, que estava em fase de desenvolvimento. A revelação foi feita por Dan Lin, produtor responsável pelo longa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.