Médicos retiram antibiótico de Niemeyer

Os antibióticos para tratar a pneumonia do arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, foram suspensos pelos médicos nesta quinta-feira, indicando uma melhora no estado de saúde do paciente.

REUTERS

10 de maio de 2012 | 16h04

"Hoje o tratamento com antibiótico foi suspenso", informa o último boletim médico do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. "O quadro de saúde do paciente continua estável."

O arquiteto foi internado na semana passada com um quadro de pneumonia e desidratação. Desde então, ele vinha sendo tratado com antibióticos e soro.

Segundo os médicos, Niemeyer está internado na unidade intermediária do hospital e se encontra lúcido. Ele respira sem a ajuda de aparelhos.

Na terça-feira, o boletim médico indicou uma "pequena melhora na desidratação". No entanto, ainda não há previsão de alta, de acordo com os médicos. Um novo boletim será divulgado na sexta-feira.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTENIEMEYERANTIBIOTICOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.