Médicos esquecem peça de 30 cm em paciente checa

Uma equipe médica checa está sendo punida por ter esquecido um instrumento cirúrgico de 30 centímetros dentro do abdome de uma paciente operada há cinco meses.

REUTERS

17 Fevereiro 2010 | 09h18

Depois da cirurgia ginecológica a que foi submetida em Ivancice, no sudeste checo, Zdenka Kopeckova, de 66 anos, passou a se queixar repetidamente de dores abdominais. O objeto, semelhante a uma espátula, foi encontrado há uma semana e removido com sucesso, quando Kopeckova já pensava em suicídio.

Agora, a paciente quer indenização e diz que a equipe médica tentou acobertar o erro dizendo que não havia nada a fazer contra a dor, exceto usar analgésicos.

"Eu disse ao cirurgião que se não tivesse dor não estaria me queixando. Não sou hipocondríaca," disse ela, acrescentando que pediu um raio-X, mas ouviu que isso a submeteria desnecessariamente a radiação.

Jaromir Hrubes, diretor do hospital de Ivancice, disse que as equipes têm de seguir rígidos procedimentos cirúrgicos. Um funcionário afirmou sob anonimato à TV Reuters que os responsáveis pelo erro seriam punidos.

(Reportagem de Reuters Television)

Mais conteúdo sobre:
ODDCIRURGIACHECA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.