''Me perdoem o saudosismo, mas a vida é triste!''

1.Qual é a sua canção preferida, Gilberto?

João Marcos Coelho, O Estado de S.Paulo

02 Abril 2011 | 00h00

Die Nacht, de Richard Strauss, que encerra toda a música alemã, de Bach a Schumann, numa só canção. Encontramos nessa extraordinária peça musical todo aquele pathos schumanniano de Mein schoener Stern, mais aquele intervalo dissonante do agudo ao grave, tão ao gosto de Bach em suas cantatas. Até no Friedrich Holländer, do próprio tempo de Strauss, podemos sentir um certo clima harmônico já bem alemão anos 30. Holländer era fã ardoroso de Richard Strauss. Tenho um CD com uma belíssima interpretação de Die Nacht pelo barítono alemão Thomas Pfeiffer.

2.O que o comove musicalmente hoje em dia?

Meus quatro CDs da orquestra de Tommy Dorsey com Frank Sinatra, aquela suíte music maravilhosamente composta e orquestrada, que eu dançava nos meus 20 anos, cheek to cheek, nas festinhas caseiras de nossas namoradinhas. Me perdoem o saudosismo, a vida é triste!

3.Schubert & Stockhausen, ou Holländer & Cole Porter? Por quê?

Deixa eu fazer outra combinação: Schubert & Holländer. É aquele universo da música alemã dos anos 30 com suas raízes no romantismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.