McQueen, no lombo da motocicleta

Space Buddies - Uma Aventura no Espaço

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2012 | 03h11

16H05 NA GLOBO

(Space Buddies). EUA, Canadá, 2009. Direção de Robert Vince, com Bill

Fagerbakke, Kevin Weisman, Lochlyn Munro, Ali Hillis, Pat Finn.

Os cães falantes da Disney lançam-se ao espaço e tentam a conquista da Lua. Fantasia para plateias infantojuvenis. Inédito, colorido, 90 min.

Street Fighter - A Lenda de Chun-li

22H30 NA REDETV!

(Street Fighter: The Legend of Chun-li). EUA, 2009. Direção de Andrzej

Bartkowiak, com Kristin Kreuk, Chris Klein, Neal McDonough, Robin Shou.

Segundo filme da série de games Street Fighter. Esta aventura centra-se num único personagem, Chun-li. O diretor e ex-fotógrafo Bartkowiak sabe filmar cenas de lutas, mas não vai muito além disso. Reprise, colorido, 96 min.

Amazônia - Heranças de Uma Utopia

22H30 NA TV BRASIL

Brasil, 2005. Direção de Alexandre Valenti.

Um século de tentativas de colonização da Amazônia condensados num documentário com hora e meia de duração. O diretor Valenti mapeia erros e acertos, discute o impacto ambiental. Um programa adequado para estes tempo de Rio + 20. Reprise, colorido, 90 min.

Spot - Um Cão da Pesada

22H45 NO SBT

(See Spot Run). EUA, 2001. Direção de John Whitesell, com David Arquette, Michael Clarke Duncan, Leslie Bibb, Paul Sorvino.

Um carteiro e o filho de sua (ex) namorada adotam cão sem saber que ele foi treinado pelo FBI e que está na mira de um chefão do crime. Comédia bobinha e sem nenhuma originalidade. Parece a súmula do já visto. Reprise, colorido, 94 min.

TV Paga

Fugindo do Inferno

16H10 NO TCM

(The Great Escape). EUA, 1963.

Direção de John Sturges, com James

Garner, Stevie McQueen, Richard

Attenborough, Charles Bronson,

James Coburn, David McCallum,

Donald Pleasence, James Donald, Hannes Messemer.

Grande diretor de ação - e de westerns -, Sturges reaproveitou parte de seu elenco no vibrante Sete Homens e Um Destino (Steve McQueen, Charles Bronson, James Coburn, etc.), transpondo o grupo para a 2ª Grande Guerra, para contar uma história real (decididamente ficcionalizada). Prisioneiros aliados planejam a fuga em massa de um campo nazista. Na vertente aberta por David Lean em A Ponte do Rio Kwai, mas concebido essencialmente como 'espetáculo', o filme é muito benfeito, e com uma trilha que torna a ação ainda mais excitante. A ideia é celebrar o esforço coletivo, mas, no limite, o que o espectador retém da aventura é o individualismo do personagem de Steve McQueen, no lombo daquela motocicleta. Reprise, colorido, 168 min.

Central do Brasil

16H30 NO CANAL BRASIL

Brasil, 1998. Direção de Walter Salles, com Fernanda Montenegro, Vinicius de Oliveira, Marília Pêra, Othon

Bastos, Matheus Nachtergaele.

O filme que candidatou Fernanda Montenegro para o Oscar, mas ela perdeu para a Gwyneth Paltrow de Shakespeare Apaixonado. Ela faz escrevinhadora da Central do Brasil, que vive de redigir cartas para analfabetos e que se envolve com garoto que busca o pai. Um belo filme sobre a construção da ética, com interpretações antológicas de Fernanda e do garoto Vinicius de Oliveira. Embora tenha perdido o Oscar, Fernanda ganhou o Urso de Prata de melhor atriz em Berlim e o filme também recebeu o Urso - de Ouro. Reprise, colorido, 112 min.

Você Vai Conhecer o Homem de Seus Sonhos

23H50 NO MAX

(You Will Meet a Tall Dark Stranger). EUA, 2010. Direção de Woody Allen, com Naomi Watts, Josh Brolin,

Anthony Hopkins, Antonio Banderas, Freida Pinto, Ewen Bremmer, Gemma Jones, Pauline Collins.

A crônica de uma família disfuncional - a mãe não toma nenhuma decisão sem consultar médiuns e adivinhas, o pai separa-se, a filha tem um marido aspirante a escritor que se envolve com vizinha sexy, etc. E a vida, diga lá o que é meu irmão? Como na canção de Gonzaguinha, o importante, segundo Woody Allen, é não ter vergonha de ser feliz - nem de ser um eterno aprendiz. Um filme menor do grande diretor, mas não destituído de charme, para ver à espera de Para Roma, com Amor, que estreia nas próximas semanas. Reprise, colorido, 98 min.

O Homem do Pau Brasil

0H40 NO CANAL BRASIL

Brasil, 1981. Direção de Joaquim

Pedro de Andrade, com Grande Otelo, Paulo José, Dina Sfat, Ítala Nandi,

Regina Duarte, Flávio Galvão, Nelson Dantas, Wilson Grey.

Depois de Macunaíma, Joaquim Pedro volta ao Modernismo de 1922 e ao tropicalismo, contando, livremente, a história de Oswald de Andrade como artista libertário e, por isso mesmo, ele é interpretado por um homem e uma mulher. Comédia, delírio, o filme propõe o matriarcado antropofágico como regime político por excelência para o Brasil. A torrente de ideias parece às vezes disparatada, mas O Homem do Pau Brasil dispõe de certa reputação e ganhou vários prêmios no Festival de Brasília. Reprise, colorido, 112 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.