McCartney pagará 32 milhões de euros por divórcio, diz jornal

Heather Mills ganhará 8 milhões de euros por cada ano que passaram casados; sentença oficial sairá na segunda

Ansa,

14 de março de 2008 | 13h47

O ex-Beatle Paul McCartney deverá pagar a sua ex-mulher, a modelo Heather Mills, oito milhões de euros (cerca de R$ 21 milhões) por cada ano que passaram casados. Segundo informou o jornal Evening Standard, Heather receberá um total de 32 milhões de euros (aproximadamente R$ 84 milhões) pelo divórcio com o músico, em um acordo levado à Alta Corte londrina esta semana.  A sentença oficial, que colocará fim ao divórcio mais caro da história do Reino Unido, com despesas legais de 13 milhões de euros (cerca de R$ 35 milhões), é esperada para a próxima segunda-feira. Não está claro se o valor recebido por Heather inclui também a pensão para a filha de 4 anos do casal, Beatrice. "É uma sentença muito completa. O juiz examinou cada detalhe para assegurar-se de que nenhuma das duas partes possa recorrer da decisão", disse uma fonte ao Evening Standard. De acordo com a fonte, o casal não deve fazer objeções à divulgação dos principais detalhes do divórcio. "É um modo óbvio de satisfazer o intenso interesse do público, mantendo porém um certo nível de privacidade. Acredito que nenhum dos dois será contrário à publicação dos valores", continuou. A sentença possibilitará à modelo, que no mês passado decidiu representar-se sozinha no tribunal, saldar sua dívida de três milhões de euros (R$ 7,9 milhões) com a firma de advogados Mishcon de Reya. A firma, que no passado ocupou-se do divórcio entre a princesa Diana e o príncipe Charles, já estava pensando em entrar com uma ação para receber os honorários devidos por Heather.

Tudo o que sabemos sobre:
Paul McCartneyHeather Mills

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.