Divulgação
Divulgação

Maurício Mattar é condenado por atropelar motoqueiro

Artista pagará R$ 13 mil de indenização por acidente ocorrido em 1999

05 de setembro de 2011 | 19h27

SÃO PAULO - O cantor e ator Maurício Mattar foi condenado pela Justiça de São Paulo a pagar R$ 13 mil de indenização ao motoboy Rodrigo Antônio Martins de Matos por tê-lo atropelado no dia 1º de maio de 1999 e agredido-o com socos.

 

O atropelamento aconteceu na Avenida Juscelino Kubitschek e, segundo testemunhas, Mattar dirigia uma picape quando atropelou o motoboy. Após o acidente, o ator teria descido do carro e agredido a vítima com socos e chutes.

 

Na sentença determinada pelo juiz Gustavo Dall'Olio, o ator foi condenado a pagar ao motoboy R$ 10 mil por danos morais, R$ 194,98 pelo gasto comprovado com medicamentos e R$ 2.664,55, a título de lucros cessantes, uma compensação financeira pelo tempo em que a vítima ficou afastada do serviço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.