Matta lidera leilão de arte latino-americana

Um quadro do pintor chileno Matta foi vendido por quase um milhão de dólares e outro do cubano Wifredo Lam, que superou meio milhão, foram as obras mais cotadas do leilão de pintura latino-americana realizado pela Sotheby´s de Nova York. Na noite de ontem foram vendidas 44 peças por um total de US$ 7 milhões, segundo informou a casa de leilões.O quadro Morphologie Psychologique de l´Attente do pintor chileno falecido no ano passado foi vendido por US$ 792 mil e o óleo Femme-Cheval de Lam, foi vendido por US$ 579,2 mil dólares. O quadro Prometeo, do mexicano José Clemente Orozco, superou a marca do pintor em leilões ao ser vendido por US$ 534 mil dólares.Entre os quadros que obtiveram melhor preço no leilão estão obras do mexicano DiegoRivera, do chileno Claudio Bravo, do mexicano Rufino Tamayo e do colombiano Fernando Botero.

Agencia Estado,

20 de novembro de 2003 | 16h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.