Masp expõe obras de artistas ligados de alguma forma a Paris

Mostra traz nomes como Van Gogh, Cézanne, Picasso, Modigliani e Portinari

Marina Vaz, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2013 | 18h32

Com um acervo de cerca de 8 mil obras, o Masp é considerado o mais importante museu de arte do hemisfério sul. Mas esses trabalhos não ficam sempre expostos ao público, claro. Atualmente, há duas exposições em cartaz que revelam parte dessa coleção – uma ligada aos deuses e ao sagrado; e outra focada na importância que detalhes, como uma flor ou um simples relógio, podem ter para uma pintura.

Uma outra mostra desse tipo pode ser vista pelo público: Passagens por Paris – Arte Moderna na Capital do Século XIX reúne 51 obras-primas da coleção do Museu, feitas entre 1866 e 1948. A ideia da mostra, que tem curadoria de Teixeira Coelho, é revelar a produção de artistas não apenas franceses, mas os que viveram em Paris ou foram, de alguma forma, influenciados pela efervescência cultural vivida na cidade europeia naquele período. Entre eles, estão mestres como Manet, Degas, Cèzanne, Van Gogh, Matisse e Renoir. 

Veja algumas dessas obras:

PASSAGENS POR PARIS – ARTE MODERNA NA CAPITAL DO SÉCULO XIX 

Masp. Avenida Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3251-5644. 10h/18h (5ª, 10h/20h; fecha 2ª).  R$ 15 (3ª, grátis).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.