Masp e Abit lançam Instituto da Moda

A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) e o Museu de Arte de São Paulo (Masp) tornaram-se parceiros, no fim do ano passado, na criação do primeiro Instituto da Moda, o I-Moda Brasil, que será instalado na Galeria Prestes Maia, no Centro. Com investimentos iniciais avaliados em R$ 6 milhões, o projeto de restauração vai abrigar um centro de formação com salas de aula, museu, biblioteca, auditório e vitrines para exposições. Na noite de terça-feira, foi realizado o lançamento oficial do I-Moda, em cerimônia na própria Galeria. Na ocasião, Julio Neves, presidente do Masp, e Paulo Skaf, presidente da Abit, apresentaram o projeto aos convidados e à imprensa.Neves explica que as obras de restauro - já aprovadas pelos órgãos de preservação Condephaat e Conpresp - darão à Galeria condições museológicas adequadas para receber o acervo, que hoje conta com 100 peças doadas pelo Masp e assinadas por estilistas como Carlo Vergara, Hercules Barsotti, Denner e Alceu Penna. O projeto foi aprovado na Lei Rouanet. Segundo dados da Abit, o setor têxtil e de confecção projeta um superávit acima de US$ 500 milhões para este ano, e tem por meta exportar mais de US$ 4 bilhões até 2008. Esta cadeia produtiva, hoje formada por 30 mil empresas, gera 1,5 milhão de empregos diretos e teve no último ano um faturamento de US$ 22,7 bilhões. Os interessados em patrocinar o primeiro Instituto da Moda devem ligar para (0-11) 5180-3000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.