Mary Karasch dá palestra na USP

Ao dar início, na década de 60, às pesquisas que, em 1987, resultariam no livro A Vida dos Escravos no Rio de Janeiro, a historiadora americana Mary C. Karasch tentou descrever a vida e a cultura dos escravos tal qual eles a experimentaram. A obra, que acabou por se tornar um marco da historiografia sobre a escravidão no Brasil, enfim chega ao País, em edição da Cia. das Letras, 13 anos depois de seu lançamento nos EUA. Amanhã, às 18 h, a autora do livro dá palestra no auditório do Departamento de História da USP (tel.: 3818-3769).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.