Martel quer vir ao Brasil cumprimentar Scliar

O escritor Yann Martel afirmou hoje que está disposto a vir ao Brasil e "apertar as mãos" de Moacyr Scliar. O canadense utilizou o argumento de Max e os Felinos, do brasileiro, em seu livro Life of Pi, que deve ser lançado no Brasil e com o qual ganhou o Booker Prize desteano.Segundo Martel, o único contato seu com a obra de Scliar se deu por meio de uma resenha. A suspeita de plágio alcançou enorme repercussão internacional. Na sexta-feira, em uma entrevista, Scliar disse que depois de iniciar a leitura de Life of Pi, achava que o livro era bom e não havia plágio de texto."Espero que meu aperto de mão com o sr. Scliar em solo brasileiro simbolize não só as boas relações entre dois homens, mas também entre dois países", disse Martel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.