Marion Cotillard sobe a temperatura do tapete vermelho de Cannes

Com um glamouroso vestido preto e um eterno sorriso, acompanhada de toda a equipe de "De Rouille et d'Os", apresentado nesta quinta-feira na seção oficial do Festival de Cannes, Marion Cotillard percoreu o tapete da 65ª edição do evento e subiu a temperatura em um dia frio.

EFE

17 de maio de 2012 | 16h42

Cotillard chegou junto ao diretor do filme, Jacques Audiard, que não tirou seu chapéu preto, o co-protagonista, o belga Matthias Schoenaerts, e o menino Armand Verdure, que também participa do filme e que, com seus apenas seis anos chamou a atenção de todos com seu pequeno fraque.

A atriz francesa, com um coque no cabelo, não dançou junto aos seus companheiros cinematográficos no alto das escadas que dão acesso ao Grande Teatro Lumière de Cannes. No entanto, sua elegância e seu sorriso ofuscaram seus acompanhantes e a todos que tinham passado anteriormente pelo tapete vermelho.

Entre eles estava Rossy de Palma, com um vestido de cor chocolate cheio de babados, acompanhada da atriz francesa Clotilde Courau, esposa de Filiberto de Saboya. Além deles, estava Jane Fonda, Eva Longoria, Jackie Chan, Maria de Medeiros ou Tim Roth que percorreram o tapete para presenciar a estreia oficial de "De Rouille et d'Os". 

Tudo o que sabemos sobre:
Festival-de-Cannes-2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.