Mario Vargas Llosa deixa clínica após sofrer problema cardíaco

Segundo TV peruana, escritor foi submetido a diversos exames que determinaram que sua vida não corria riscos

Efe,

19 Janeiro 2008 | 16h48

O escritor peruano-espanhol Mario Vargas Llosa, de 71 anos, deixou neste sábado, 19, a clínica San Pablo, em Lima, onde foi internado na noite da sexta-feira após sofrer um problema cardíaco.   O autor de Tia Júlia e o Escrevinhador e A Guerra do Fim do Mundo deixou a clínica acompanhado de sua família e se dirigiu aparentemente para sua casa de Barranco.   Ao saber da internação de Vargas Llosa o presidente Alan García pediu ao primeiro-ministro Jorge del Castillo que cuidasse pessoalmente do caso, mas quando chegou à clínica o escritor já havia se retirado.   Segundo a emissora de televisão peruana RPP, o escritor foi submetido a diversos exames que determinaram que sua vida não corria riscos.   Os representantes da clínica onde o escritor esteve internado mantêm absoluto sigilo sobre o assunto, sem confirmar ou desmentir a passagem do escritor pelo centro hospitalar.

Mais conteúdo sobre:
Mario Vargas Llosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.