Mário Prata deixa a novela "Bang Bang"

O autor de Bang Bang foi afastado por problemas de saúde do horário das 19h. Anteontem, o autor recebeu licença médica de Bang Bang por, pelo menos, um mês. A Central Globo de Comunicação informou ontem que o motivo do afastamento de Prata é um problema na articulação de seu ombro. Ainda de acordo com a CGCom, Prata voltará assim que estiver disposto e apto a escrever novamente. Com isto, a assessoria tenta desmentir os boatos de que a relação dele com a emissora não andava muito boa, devido à existência um suposto ´autor estepe´, para o caso dele adoecer durante a novela. Sobre a tal briga com a emissora, Prata disse ter tomado conhecimento através da imprensa. "Minha relação com a Globo foi e continua ótima. Eu e a emissora estamos gostando do resultado, o ibope vai bem", disse Prata ao JT. "Só tenho a agradecer a eles por terem colocado a novela no ar exatamente como a escrevi". O autor trabalha em um ritmo acelerado - já são 34 capítulos escritos até agora - e admite que acha normal ter se estressado. Agora, ele quer se recuperar fisicamente. Ele nega, no entanto, que exista outro autor escrevendo a novela. Ela continua sendo tocada por sua equipe, que inclui seu filho, Antônio Prata, além de Filipe Miguez, Chico Mattoso, Reinaldo Moraes, Márcia Prattes e Ana Ferreira. O horário das 19h da Globo está virando uma espécie de território maldito para os novelistas. O primeiro a sofrer, recentemente, foi Antônio Calmon, que amargou baixos índices de audiência com Começar de Novo. Depois veio Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa. Os dois escritores provocaram a ira de diversos grupos politicamente corretos com A Lua Me Disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.