Divulgação
Divulgação

Mário Bortolotto mostra influência musical em livro de conto

Lançamento da obra acontece hoje na Livraria da Vila, na Vila Madalena

Estadão.com.br,

23 de fevereiro de 2011 | 13h43

Passado um ano e pouco mais de dois meses do assalto seguido de tiro que quase lhe tirou a vida, o escritor e dramaturgo Mario Bortolotto lança hoje, 23, "DJ - Canções pra Tocar no Inferno" (Editora Barcarolla) na Livraria da Vila, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo. Os 25 contos do livro são inspirados em canções que vão de surf-ballads até clássicos do rock mundial, passando pelo blues. As histórias são recheadas de porres homéricos, mulheres, brigas, muito sexo e o humor ácido.

 

Mário Bortolotto nasceu em Londrina, em 1962. Ator, diretor, dramaturgo e compositor, criou o grupo de teatro Cemitério de Automóveis no início dos anos 80. Em 2000 ganhou o Prêmio APCA pelo conjunto de sua obra e o Prêmio Shell de melhor autor pela peça "Nossa Vida não Vale um Chevrolet". Em 2006 lançou o livro "Atire no Dramaturgo", coletânea de textos publicados em seu blog homônimo, que mantém desde 2004. Também é vocalista e compositor das bandas Saco de Ratos Blues e Tempo Instável.

 

Lançamento "DJ - Canções pra Tocar no Inferno" (Ed. Barcarolla - 166 páginas)

Preço: R$ 36,00

Data: 23 de fevereiro, a partir das 18h30

 Local: Livraria da Vila (Fradique Coutinho, 915 – Vila Madalena)

Tudo o que sabemos sobre:
Mário Bortolottolivrocontos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.