AP
AP

Marilynne Robinson vence o Orange de ficção em Londres

Escritora de 66 anos ganhou o Pulitzer com seu segundo livro, 'Giled', publicado no Brasil em 2005

AP,

03 de junho de 2009 | 16h22

A escritora norte-americana Marilynne Robinson, de 66 anos, venceu o prêmio Orange de ficção britânico para mulheres escritoras. Os juízes do prêmio concederam o prêmio ao terceiro romance Home sobre um homem que volta para casa tentando encontrar a paz com seu problemático passado com seus familiares e amigos. A presidente dos jurados, Fi Glover, disse que os juízes foram unânimes em escolher o romance como "profundo trabalho de arte".

 

Marilynne publicou três livros em 30 anos, todos premiados. Venceu o prêmio PEN/Hemingway com seu primeiro romance, Housekeeping, publicado em 1981. Com o segundo romance, Gilead, publicado em 2004, ela conquistou o Pulitzer. Este livro foi lançado no Brasil com o mesmo título no ano seguinte, com tradução de Maria Helena Rouanet, pela editora Nova Fronteira.

 

A escritora competiu com cinco finalistas pelo Orange Prize, entre elas, Ellen Feldman indicada por Scottsboro e Samantha Hunt por The Invention of Everything Else. Marilynne ganhou 30 mil pounds (US$ 48,8 mil) e uma estátua de bronze.

Tudo o que sabemos sobre:
Marilynne Robinson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.