Marília Pêra vai de Ary Barroso a Nelson Rodrigues

Uma série de diferentes penteados vai identificar a atriz Marília Pêra nos próximos meses. Com os cabelos curtos, ela reinicia hoje a bem-sucedida turnê do espetáculo Marília Pêra Canta Ary Barroso, voltando ao Teatro Cultura Artística depois de passar pelo Rio, Londres e Lisboa. Com uma longa peruca cacheada, ela viveu, até domingo passado, o personagem de Madame Clessy, na versão cinematográfica que Jofre Rodrigues prepara da peça Vestido de Noiva, escrita pelo pai, Nelson. E, no próximo ano, Marília pretende cortá-los rente à nuca para assumir a mitológica figura de Coco Channel na peça sobre a mulher que, ao ditar novos rumos da moda feminina, também apontou uma conduta revolucionária para as mulheres."São personagens muito fortes e maravilhosos, que exigem um grande trabalho de preparação e concentração", comenta a atriz, que teve de se desdobrar nos últimos dias. No sábado, por exemplo, ela estava em Ubá, cidade mineira onde nasceu Ary Barroso para apresentar o espetáculo em homenagem ao centenário de nascimento do compositor de Aquarela do Brasil. No dia seguinte, voltou a empunhar a longa peruca cacheada para gravar sua última cena em Vestido de Noiva. Curiosamente, ela chegou ao filme por conta do espetáculo em homenagem a Ary Barroso - o diretor Jofre Rodrigues encantou-se com uma foto de Marília durante uma apresentação e logo a convidou para participar do longa.Além das novas apresentações em São Paulo, que foram pedidas pelo público junto à realizadora, a CIE Brasil, Marília Pêra vai cantar as músicas de Ary Barroso para o presidente Lula, em Brasília, no próximo dia 11, e encerrar a temporada voltando também ao Rio de Janeiro, onde se apresenta no início do ano. E antes de se entregar totalmente à composição de Coco Channel, a atriz poderá participar de outro filme, a ser rodado no Equador pelo diretor brasileiro Márcio Gonçalves. Marília aguarda um novo contato de Gonçalves, que está garantindo recursos para a produção. A partir de março, a atriz vai se dedicar exclusivamente a Coco Channel. A peça, com texto de Maria Adelaide Amaral, estréia em abril e será dirigida por Jorge Takla.Marília Pêra Canta Ary Barroso. De quinta a sábado, às 21 horas; e domingo, às 18 horas. R$ 60,00 (quinta e sexta), R$ 80,00 (sábado) e R$ 70,00 (domingo). Teatro Cultura Artística. Rua Nestor Pestana, 196, tel. 3258-3344. Até 30/11.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.