Marido da rainha Elizabeth deixa hospital na Escócia

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth, deixou nesta segunda-feira um hospital na Escócia após uma internação de cinco noites, durante a qual recebeu tratamento para uma infecção na bexiga.

Reuters

20 de agosto de 2012 | 10h07

Sorridente e parecendo contente, vestindo um blazer de verão, o príncipe, de 91 anos, acenou com entusiasmo e entrou no carro com assessores reais depois de cumprimentar e agradecer o chefe da Enfermaria Real de Aberdeen.

Foi a terceira vez em oito meses que Philip foi hospitalizado e a segunda vez que realizou tratamento para uma infecção na bexiga.

A vez anterior foi em junho, durante as comemorações que marcavam os 60 anos de reinado de Elizabeth, após o casal real ter assistido de uma embarcação real uma flotilha de 1.000 barcos no rio Tâmisa, sob um tempo frio e chuvoso.

Em dezembro passado, o príncipe passou quatro dias no hospital e teve de fazer uma operação para desentupir uma artéria bloqueada no coração, após sentir dores no peito.

Uma porta-voz do Palácio de Buckingham disse que Philip iria agora se reunir com a rainha para suas férias em Balmoral, a residência escocesa da família real. Também se espera que ele retorne às suas atividades oficiais.

(Reportagem de Michael Holden)

Mais conteúdo sobre:
GENTEPRINCIPESAIHOSPITAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.