Maria Bethânia lê poemas e canta em espetáculo no Rio

Há quase 40 anos, desde o LP "Rosa dos Ventos", Maria Bethânia traz para enriquecer seus discos e shows textos de Vinicius de Moraes, Ferreira Gullar, Castro Alves e, mais do que qualquer outro autor, Fernando Pessoa. A partir de hoje, essa intensa relação da cantora baiana com a palavra, seja em prosa ou em poesia, estará em primeiro plano, com as canções em segundo.

AE, Agência Estado

03 de setembro de 2010 | 10h02

Bethânia e As Palavras, que ocupará o teatro Fashion Mall, no Rio, neste e no próximo fim de semana, é um espetáculo singular nessa carreira marcada pela fórmula texto-música. A seleção ficou a cargo do antropólogo Hermano Vianna, com quem a cantora costuma trocar poesias, e do ator e diretor Elias Andreato.

Alguns são poemas que os fãs que frequentam seus shows já a ouviram recitar, como Poema do Menino Jesus, de Alberto Caeiro, e Ultimatum, de Álvaro de Campos. Ambos heterônimos de Pessoa - chamado por Bethânia de "o poeta de sua vida", "fonte de sua sede", "sua mais fiel tradução". A devoção é tanta que a Casa Fernando Pessoa, instituição de Portugal, conferiu a ela a Ordem do Desassossego, láurea destinada aos grandes divulgadores de sua obra.

Os outros autores escolhidos são de gêneros e épocas diferentes: Padre Vieira, Guimarães Rosa, Manuel Bandeira, o português Antonio Ramos Rosa, o moçambicano José Craveirinha, considerado o maior poeta de sua terra, o carioca Fausto Fawcett, o irmão Caetano. Mas além das leituras, ela cantará. No repertório, Amália Rodrigues ("Estranha Forma de Vida"), Paulinho da Viola ("Dança da Solidão") e Renato Teixeira ("Romaria"). As músicas entrarão em trechos, justamente de modo oposto ao que acontece nos shows. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Bethânia e As Palavras - Teatro Fashion Mall (Estrada da Gávea, 899). Rio de Janeiro. Tel. (21) 3322-2495. 6ª e sáb., 21h30; dom., 20h. R$ 80/R$ 100. Até 12/9.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaMaria BethâniaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.